Tratamento do ronco – Apnéia

roncoO ronco
O ronco é um problema social sério, atingindo cerca de 30% das pessoas, alterando a convivência com o cônjugue (é causa de muitas separações) ou com os amigos, geralmente tornando a pessoa que ronca alvo de brincadeiras. É causado pela vibração dos tecidos da garganta (parede posterior da faringe, dorso da língua, palato mole e úvula), em função da turbulência do ar à medida que as vias aéreas se estreitam. A obesidade, a respiração bucal e o uso de cigarro e álcool agravam de modo significativo o ronco.

Apnéia do Sono

A apnéia do sono é a obstrução das vias aérea por alguns momentos durante a noite, pela aproximação dos tecidos da garganta, fechando a passagem do ar e impedindo a respiração por alguns segundos, várias vezes por noite. Doença grave quando em níveis mais elevados, interfere do modo importante no agravamento de doenças que podem causar a morte do paciente, como a hipertensão, o enfarte agudo do miocárdio e  o AVC (Acidente Vascular Cerebral, popularmente conhecido como derrame).

A APNÉIA DO SONO, doença que pode levar o paciente a ter problemas cardíacos graves e o RONCO um de seus sinais, podem ser tratados com aparelhos orais.

Com excelentes resultados no tratamento do ronco e das apnéias leves e moderadas, confortável e com custo relativamente baixo, os aparelhos orais são uma das melhores opções de tratamento.

A indicação do uso dos aparelhos é multidisciplinar, nescessitando da avaliação do dentista e do médico especialista em sono e de exames próprios para determinar a gravidade da apnéia (Polissonografia).